A pandemia que atingiu todo o mundo, certamente impactou de forma severa os mais diversos tipos de negócios. O mercado de impressão, neste caso, não é uma exceção. Isso pois, com jornadas de trabalho longe dos escritórios, operações suspensas em parte das empresas, e as mudanças emergentes que tais cenários trazem, muitas dúvidas surgem sobre o que vai acontecer, e como os provedores podem reagir.

O impacto nos negócios é real

Primeiramente, é importante reforçar: o mercado de impressão sentiu o impacto que a pandemia trouxe. A atividade nas empresas, e nos espaços de trabalho, foi comprometida e totalmente modificada. Muitos, adotaram o modelo de home office, seja parcial, ou com todos os seus funcionários, enquanto outros, dependendo do ramo, acabaram fechando as portas temporariamente.

Naturalmente, se a atividade nos espaços de trabalho não está normal, a rotina de impressões e de uso dos equipamentos também é comprometida. A consequência disso é uma possível busca, por parte do mercado, pela redução de gastos, o que pode resultar na suspensão de contratos, renegociações e afins.

Seja de forma mais leve, ou de forma bastante significativa, os negócios, sim, foram impactados.

Decréscimo das impressões

Como já mencionado, o volume de impressões diminuiu, não necessariamente por vontade e/ou exigência das empresas, e sim porque muitas se viram obrigadas a ajustar o modelo de trabalho dos colaboradores e das operações.

Com os funcionários em casa, as impressões corporativas acabaram sendo deixadas em segundo plano, para aqueles que se mantém trabalhando presencialmente, ou nos casos de maior emergência. De modo geral, isso reduz a quantidade impressa ao fim do mês, o que acarreta, quando falamos em páginas impressas, em resultados abaixo do esperado para provedores.

Corte de gastos

A redução de gastos também é uma realidade que é pensada e enfrentada pelos provedores. Neste momento, é preciso avaliar os processos de trabalho, identificando como reduzir custos operacionais e mesmo de insumos como toners.

Se o seu parque de impressão e os processos da sua empresa, logísticos, de reposição e troca estão controlados, é possível reduzir gastos de forma inteligente e com impacto bastante positivo ao final do mês.

>> Leia mais: Eficiência para outsourcings de impressão: 4 vantagens do nddPrint MPS

Oportunidade de inovar

Mesmo com mudanças negativas, a crise apresenta oportunidades para inovar, rever processos e melhorar a forma como se trabalha. Isso pode gerar um resultado significativo e que pode se estender muito além da pandemia.

Para isso, pode se contar com novidades tecnológicas voltadas aos provedores de outsourcing de impressão, para que trabalhem com mais eficiência e produtividade, enquanto os gastos são reduzidos, de forma dinâmica e inovadora. Quer saber mais? Em breve teremos novidades aqui no blog!

Deixe-nos um comentário :)