Anteriormente, aqui no Blog NDD, tratamos sobre a liberação segura: o que é, e algumas das vantagens que ela oferece às empresas como um serviço dos provedores de outsourcing de impressão. Agora, para você saber ainda mais, confira três das principais dúvidas sobre a liberação segura, dos provedores de outsourcing de impressão, respondidas:

É possível fazer a liberação segura via celular? Se sim, este método identifica o usuário que imprimiu?

A resposta é sim para ambas as situações! Com a solução ideal, é possível oferecer aos seus clientes um aplicativo que permita a liberação mobile das impressões, garantindo ainda mais agilidade e segurança às rotinas das empresas.

No caso do nddPrint 360, e sua funcionalidade Releaser, com esse método, é sim, possível, identificar o usuário aos documentos impressos, já que ele permite uma autenticação dentro do app, vinculando, assim, a impressão ao usuário autenticado.

Aqui, falamos de um diferencial nddPrint 360, já que muitos aplicativos que permitem a impressão acabam não realizado a contabilização, ou seja, identificando quem imprimiu. Dessa forma, o cliente acaba perdendo o controle, ou o rateio dos custos. O aplicativo nddPrint 360 mobile, além de fazer o trabalho de impressão, identifica o usuário e faz a alocação correta dos custos.

>> Aplicativo nddPrint 360: mobilidade e facilidade para os ambientes de impressão corporativos

Como é feita a liberação das impressões pela web?

A liberação via web é um dos métodos alternativos de liberação que fica à disposição das empresas. Ela funciona da seguinte maneira: o usuário, dentro de uma empresa, manda a impressão para a fila virtual do Releaser. Porém, sua multifuncional não tem um painel, ou um agente de liberação. Neste cenário, basta acessar o nddPrint 360 pelo navegador web, e fazer a autenticação.

Existem vários exemplos práticos aqui. Um deles, são escolas: um laboratório de informática de uma escola pode ter várias impressoras sem painel, ou tecnologia embarcada. Ali, poderia ser colocada uma estação web compartilhada para os alunos enviarem seus documentos, fazerem seu login via web e escolherem a impressora para liberar o documento.

Em resumo, tais métodos de liberação segura permitem flexibilidade à realidade de cada empresa, o que é bastante importante na hora de mostrar valor ao cliente do seu outsourcing de impressão.

Nos casos de alternativas de liberação, qualquer equipamento pode ser utilizado?

Quando falamos do nddPrint 360, a resposta é sim. Pode ser utilizado um tablet junto a uma impressora que não suporte a tecnologia para embarcados, por exemplo, tornando-o um agente de liberação. É possível, ainda, conectar um leitor de aproximação na porta USB deste mesmo tablet, permitindo a autenticação via crachá, usuário e senha ou código PIN. Aqui, ele estará se comunicando com a funcionalidade Releaser e enviando o documento para a multifuncional, permitindo resgatar a impressão. Leitores de aproximação de rede, neste caso, também podem ser usados.

Assista ao Papo Técnico nddPrint: liberação segura em impressões corporativas

Liberação segura é o tema do nosso terceiro Papo Técnico nddPrint, que já está disponível para assistir, com os especialistas da NDD, Tiago Koehler e Pablo Ferreira. Nele, exemplos práticos e uma série de outros conteúdos são apresentados, além das dúvidas respondidas. Para assistir, basta clicar aqui!

Deixe-nos um comentário :)