O Comprovante de Entrega Eletrônico (conhecido como Canhoto Digital) é um documento da operação de transporte e logística, que apresenta a assinatura do recebedor, a data de recebimento e pode substituir o canhoto físico do CT-e, para comprovar a entrega realizada pela transportadora.

O objetivo é padronizar a forma de comprovação de entrega das mercadorias, por parte das transportadoras.

Dificuldades geradas pelos documentos em papel

O formato digital desta documentação vem para facilitar o trabalho das transportadoras.

Entre as dificuldades encontradas em sua forma física está o seu armazenamento que gera um acúmulo de arquivos em papel, dificuldade ao encontrar a documentação com agilidade e a possibilidade de incidentes como perdas, rasuras e alterações.

Desta forma, o processo manual vai contra os avanços de fiscalização do Fisco propostos para os documentos fiscais eletrônicos.

Outra dificuldade envolvendo este formato é a lentidão para o recebimento do comprovante de entrega. Já que o canhoto assinado percorre um longo caminho de dias até que retorne para a área administrativa da empresa.

Por isso, a importância de sua automatização que traz agilidade e segurança no recebimento do comprovante de entrega.

Canhoto digital

O Canhoto Eletrônico tem o intuito de resolver os problemas do canhoto físico e também de auxiliar o fisco, já que utiliza da captura de imagens nas comprovações de entregas realizadas.

Mesmo que sua utilização seja voluntária e que não exista uma obrigatoriedade para que as empresas adotem este formato, o comprovante de entrega em formato eletrônico traz consigo vários benefícios:

–  Redução de custo com armazenamento físico de papel

– Padronização e garantia de entrega por parte das transportadoras

– Facilidade de acesso e compartilhamento dos documentos

Se você gostou deste artigo, veja também:

Cloud Computing: computação em nuvem

Agnes Samantha
Author

Analista de Comunicação

Deixe-nos um comentário :)