Manifestação do Destinatário Eletrônica (MD-e): o Guia Completo

A Manifestação do Destinatário Eletrônica, ou MD-e, também popularmente conhecida como Manifesto Eletrônico surgiu com um propósito simples, mas importante: quando o assunto é a atenção à utilização de informações das empresas ao lidar com obrigatoriedades e regularidades fiscais, todo cuidado é pouco. Um dos principais exemplos é a utilização indevida do CNPJ ou da Inscrição Estadual em operações comerciais. Os problemas que tais utilizações erradas podem causar são grandes e diversos. Como, então, evitá-los?

É aí que entra a Manifestação do Destinatário. Pensando em solucionar tais problemas ela foi instituída, no ano de 2012 e acompanha uma série de regras e especificidades fiscais extremamente importantes envolvendo a emissão e a recepção de Notas Fiscais Eletrônicas.

Mesmo nos casos onde a utilização da Manifestação do Destinatário não é obrigatória, uma série de vantagens podem ser trazidas ao optar pelo processo, garantindo, de diversas maneiras, a regularidade do uso do CNPJ, ou da Inscrição Estadual e a integridade dos processos de emissão e recepção das NF-e.

Preparamos um e-book completo sobre a MD-e para você tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e ficar a par da obrigatoriedade.

Neste material, você vai saber mais sobre:

• O que é (e como funciona) a Manifestação do Destinatário;
• Suas regras e eventos;
• Os casos de não-obrigatoriedade e os benefícios de aderir à MD-e;
• E mais!

Acesse o e-book gratuitamente no botão abaixo!

Manifestação do Destinatário: o Guia Completo

Deixe-nos um comentário :)