nddConnect - Software emissor de NFC-e

Entenda como funciona a guarda eletrônica de Nota Fiscal de Serviço

guarda-eletronica-de-nfse

Antes de começarmos a falar sobre guarda eletrônica da NFS-e, vamos relembrar o que é o XML. Em uma pesquisa rápida na internet podemos explicar o que é um XML, a sigla vêm do inglês “Extensible Markup Language”, é uma linguagem de marcação recomendada pela W3C (World Wide Web Consortium), para a criação de documentos com dados organizados hierarquicamente, tais como textos, banco de dados ou desenhos vetoriais. A linguagem XML é classificada como extensível, porque permite definir os elementos de marcação. 

É obrigatório a Guarda Eletrônica da NFS-e pelo Prestador de Serviço? 

Conforme pode ser visto no artigo anterior (releia), na NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica) não existe uma padronização no layout de arquivos, estando livre para cada prefeitura implantar seu respectivo layout e regra de negócio.

Em alguns lugares não existe a obrigatoriedade da guarda eletrônica do XML (Extensible Markup Language), pois o próprio município realiza a guarda eletrônica e o envio do XML autorizado para o tomador de serviço, diferente da NF-e que obriga a empresa a realizar a aguarda do XML, conforme portaria número 098/2014, § 7° do artigo 9°:

Caput da Cláusula 7ª: “O emitente da NF-e deverá, obrigatoriamente, encaminhar ou disponibilizar download do arquivo da NF-e e seu respectivo Protocolo de Autorização de Uso ao destinatário e ao transportador contratado, imediatamente após o recebimento da autorização de uso da NF-e.”.

Fonte: Sefaz

O NFS-e ColdWeb

O NFS-e ColdWeb é um dos módulos do NFS-e, que permite ao prestador de serviço realizar o guarda eletrônica dos seguintes documentos:

  • XML RPS;
  • XML NFS-e.

O NFS-e ColdWeb trabalha de uma forma bem simples. Após o documento ser processado pelo NFS-e, e a prefeitura realizar a conversão da RPS em NFS-e, o software do NFS-e realiza o envio do XML de RPS e NFS-e para o NFS-e ColdWeb, assim, realizando a guarda eletrônica do XML para o prestador de serviço, onde se caso a prefeitura realize uma auditoria no prestador de serviço pode apresentar para o fiscal da prefeitura os documentos emitidos.

Conforme visto no tópico anterior, não existe obrigatoriedade da guarda eletrônica da NFS-e para algumas prefeituras, entretanto, é uma boa prática para as empresas emitentes de NFS-e, se preocuparem com o armazenamento de uma copia do documento emitido em seus servidores e também realizar o envio do respectivo XML para o tomador de serviço. Assim, o software do NFS-e ColdWeb realiza a guarda eletrônica e envio do XML de NFS-e para o tomador de serviço.

Benefícios do modulo NFS-e ColdWeb.

– O fiscal do prestado de serviço pode consultar a NFS-e que foi metida no mês atual ou em meses/anos anteriores.

– Em caso de auditoria por parte da prefeitura, o prestador de serviço possuiu em mãos a guarda eletrônica da NFS-e e RPS que foram emitidas.

– Envio por e-mail do XML de RPS e XML de NFS-e;

– Download do XML de RPS e NFS-e.

Avatar

Luiz Fernando Spanhol - Analista de Testes NDDigital

Trabalha na área de Tecnologia da Informação há mais de 6 anos. É Bacharel em Ciência da Computação e pós-graduado em Engenharia de Software. Tem um conhecimento amplo em SQL. Já trabalhou como Analista de sistemas, Testador e há mais de três anos como Analista de Testes da NDD. Nas horas vagas gosta de jogar vídeo game, assistir seriados/filmes, ler, viajar e estar com a família. https://br.linkedin.com/in/luizfernandospanhol

Um Comentário

  1. Avatar
    • Filipe
    • 16/08/2018

    Bom dia Luiz Fernando. Para o cliente que recebe o serviço, há alguma possibilidade de receber esses XMLs de NF de serviço? Sabendo que cada prefeitura tem seu processo, acredito que não haja uma forma de comunicação para receber os XMLs assim como é feito com NFe?

    Obrigado pela atenção.

    Filipe

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *